Solidão

A solidão da noite me corta
me entorta, me rasga
O silêncio da noite me oprime
me fere, me cala
O escuro da noite me assusta
me abala, deprime
O frio da noite me gela
me seca, devasta…
A noite, tantas vezes amiga
justo ela, tantas vezes sublime
hoje me fere, me afoga, me mata
hoje
É só crime

Anúncios

Boemia

Descobri o segredo de acordar cedo!
Consiste na prática de dormir cedo.
E para os que acham tarefa difícil,
Ensino de quebra, um outro segrêdo:
Basta para isso,
Teres acordado cedo!