Momento

Esse amor assim tão puro,
Forjado no mais duro sofrimento
Por quê eu tanto tento
E não consigo nunca realizar?

Estará errado onde eu procuro?
Ou será a forma que eu invento?
Será que é falta de merecimento?
Ou falta de (mais ainda) tentar?

Será que só para o futuro?
Será que é preciso tempo?
E a razão do meu tormento
É não saber esperar?

Anúncios