Contrastes

Quero te dizer as mais belas poesias, num ouvido
E as mais loucas perversões, no outro
Quero te acaricar delicadamente,
Com uma das mãos
E te apertar furiosamente,
Com a outra
Entre olhares e mordidas,
Dentadas e lambidas,
Ser, ao mesmo tempo,
Carinho e volúpia,
Ternura e tesão
Até te deixar tonta.
E fazer da tua confusão
O meu maior deleite
Até que,
completamente louca,
Me beije, quente,
Deleirando de ardor
Me lambuzando a boca
Enquanto implora
Por mais e mais amor…

Anúncios