Sobre Mim

Rascunho de gente,
Esboço de artista,
Às vezes toco, canto ou danço,
outras escrevo.
Palhaço, mágico ou malabarista,
O que eu sou mais é equilibrista.

De tanto que me entorto, às vezes canso,
Da tanto que me canso às vezes cresço.
Não sou nunca o que se espera.
Nem sou sempre o que pareço.
Me encontro e me perco,
de esquina em esquina
E transformo a dor o frio e o medo,
em nota, passo ou rima.

Às vezes um pouco de tudo,
outras, um monte de nada.
(ou nem isso!)

Amo como posso, vivo como consigo.
E, no mais,
sigo…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s