Um Sorriso como uma Flor

(À menina desconhecida, que um dia eu vi sorrir, na rua)

Um sorriso como uma flor
Sorriso de poesia
De música
Um sorriso belo
Como nenhuma pintura poderia ser
Como nenhum poema
Ou qualquer forma que o homem possa inventar.
Um sorriso único,
Num instante único,
Mas com estranho sabor de eternidade…
Sorriso de verdade,
Não desses que a gente dá,
Por desejo ou graça,
Mas que escapa
Em meio ao caos da cidade,
Alheio à nossa vontade,
E vai encher de luz os olhos
De quem, por sorte,
Passa…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s