Solidão

A solidão da noite me corta
Me entorta, me rasga
O silêncio da noite me oprime
Me fere, me cala
O escuro da noite me assusta
Me abala, deprime
O frio da noite me gela
me seca, devasta
A noite, tantas vezes amiga,
Justo ela, tantas vezes sublime,
Hoje me fere, me afoga, me mata
hoje,
É só crime

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s