Garimpo

Beleza (física) a gente encontra fácil por aí. Às pencas. Mas beleza forte, interior, iluminada, não.

Beleza assim (de verdade), é como pedra rara: às vezes a gente garimpa a vida toda e não encontra nenhuma. Às vezes, por sorte ou acaso, topamos com alguma, sem nem saber ao certo como. E ficamos, num ou n’outro caso, perplexos, estupefatos, diante da descoberta…

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s